Visitantes em linha

Temos 10 visitantes em linha
História

A União Panificadora de Cascais Lda. com o nome comercial de PANISOL, é fundada em 1953 e resulta da fusão de um elevado número de pequenas unidades produtoras de pão, as quais funcionavam a lenha para aquecer os fornos. Essas unidades eram artesanais quanto ao modo de fabrico e quase sempre individuais. Nessa altura o preço do pão era tabelado e havia um limite máximo para a sua fixação. Tal situação devia-se ao facto de estado subsidiar a farinha aos produtores ou seja por cada quilo que os moleiros vendiam, o estado pagava uma parte sendo o restante pago pelos padeiros.

Em suma nos anos 50 tínhamos apenas um tipo de pão standard, por não se justificar a existência de outras variedades de pão, devido á implementação por parte do Estado de um preço fixo para este bem, que assim não tornava rentável a sua exploração.

Após a segunda guerra Mundial havia cerca de três a quatro padeiros em cada aldeia. Face a tanta dispersão era difícil o progresso nesta área a nível industrial. Perante tal situação, o governo decide implementar um sistema que visava o agrupamento de padeiros por concelhos. Deste modo o estado dava incentivos a nível de financiamento e pagamento de impostos, assegurando o monopólio das concentrações em cada concelho.

É com esta medida do governo que visava a evolução tecnológica e o desenvolvimento da indústria que surge a PANISOL.

Já na década de sessenta e devido á elevada migração para os grandes centros urbanos, começa a haver falta de pontos de venda do pão, o Estado decide então, através do DL nº 43557, publicado em 24 de Março de 1961, liberalizar a venda do pão em estabelecimentos.

Nas décadas de 70 e 80 houve uma diversificação do negócio transformando as Padarias existentes em pequenas Mercearias, onde se passou a vender a generalidade dos produtos básicos.

A partir da década de 90 até aos nossos dias a principal orientação estratégica da empresa passou a ser o sector de Cafetarias, onde já existem 16 lojas espalhadas por todo o concelho de Cascais, mantendo-se outros 7 pontos de venda como lojas tradicionais.

 

PORTFOLIO

A empresa fornece também clientes externos grandes superfícies, Universidades, Prisões, muitos destes clientes englobados em empresas de Catering.